Responsabilidade Social: entenda como tornar sua empresa engajada

Vamos mostrar o papel importante de uma empresa na sociedade!

03/07/2020 | ONG Olhar de Bia | Responsabilidade Social | 0
Responsabilidade Social: entenda como tornar sua empresa engajada

Dentro de um contexto em que a humanidade está cada vez mais consciente sobre a importância de reduzir as desigualdades, investir em responsabilidade social se torna indispensável. De fato, empresas que constroem sua história com foco no interesse coletivo além dos lucros são bem-vistas diante dos clientes e do mercado de maneira geral.
O melhor caminho, nesse caso, é adotar valores, ações e posturas que possam ser destaque em diferentes pontos do ciclo de atividades. Isso vale desde reduzir o uso de plástico nas embalagens até apoiar de maneira recorrente uma causa social que traga identificação aos colaboradores. 


Quer saber mais? Vamos mostrar como tornar sua empresa engajada ao ter responsabilidade social. Acompanhe: 
 

Saiba o papel da empresa na sociedade


Antes de falarmos sobre responsabilidade social na prática, se torna indispensável avaliar de maneira ampla o papel das empresas na sociedade. A partir disso, compreenda que as instituições são responsáveis pela distribuição de bens e serviços muito além dos lucros que retornam ao seu caixa. 
Conforme o funcionamento e os avanços de cada setor, por exemplo, é possível ter acesso a novas tecnologias e aperfeiçoar serviços que deixam o mercado mais competitivo. Sem contar que, ao exercer o ciclo de funcionamento, as companhias também movimentam diferentes níveis econômicos. Veja alguns exemplos:

  • fornecedores: por meio das mercadorias adquiridas;
  • colaboradores: com o pagamento de salários;
  • Estado: pelo recolhimento de impostos.

Perceba como a responsabilidade social é vista no meio corporativo 


A maioria das empresas tem consciência de que se manter sustentável depende de vários fatores que excedem oferecer um serviço de qualidade. O sucesso do negócio passa também, na prática, pelo trabalho dos fornecedores, interesse dos clientes e ações definidas pelo Governo. 
Caso contrário, certamente, você enfrentaria dificuldades em adquirir insumos com preço competitivo, consumidores não conseguiriam recursos para comprar os produtos e, até mesmo, o Estado poderia aumentar o peso dos tributos com o propósito de arrecadar fundos destinados aos problemas sociais.


Conjunto de ações
A responsabilidade social se encaixa de maneira coletiva no meio corporativo. Ao adotar esse conjunto de ações positivas que impulsionam sua empresa, a sociedade e a economia também são impactadas pelas conquistas que ajudam vários setores a funcionar. 
De acordo com o livro “Ética e Responsabilidade Social nos Negócios”, em artigo publicado por Chaves e Ashley, essas políticas englobam:

  • cuidados com a correta conduta ética e moral que possam afetar os relacionamentos;
  • respeito aos valores e condutas morais que promovem cidadania e direitos humanos;
  • respeito ao meio ambiente e promoção da sustentabilidade ambiental;
  • maior inserção na comunidade em que a empresa participa, seja de forma isolada ou em parceria com governo e outras entidades.

Exemplos de empresas socialmente responsáveis 
Grandes organizações de diferentes setores já incluem em sua rotina ações de responsabilidade social e conquistam excelentes resultados. Afinal de contas, essa proposta agrega valor ao produto oferecido e cria uma espécie de identificação que torna o público um divulgador genuíno da marca. Acompanhe alguns exemplos:

  • Natura: setor de cosméticos;
  • Vegus: ampla atuação na construção civil;
  • Itaú: área financeira;
  • Atento: empresa de Business Process Outsourcing muito conhecida por suas atividades de terceirização de centrais de teleatendimento;
  • Alpargatas: setor de calçados e materiais esportivos.

Porém, isso não é algo restrito ao caixa de grandes instituições, micro e pequenas empresas também podem adotar o conceito de responsabilidade social conforme suas possibilidades em busca da projeção positiva de sua marca.


Benefícios de construir uma imagem ligada ao social 
Com consumidores cada vez mais engajados, as empresas que não se atentam ao bem-estar da sociedade acabam perdendo espaço em seu nicho de atuação. Por exemplo, muitos nomes do universo dos cosméticos são duramente criticados pela testagem em animais. 
Essa atitude prejudicial chama mais atenção do que as propostas dos produtos e, consequentemente, afastam os compradores ou potenciais parceiros. Em função disso, ao pensar em cada etapa do processo interno como seu negócio pode ser mais consciente, você constrói um conceito que vai muito além do retorno financeiro. Veja alguns benefícios de adotar práticas de responsabilidade social:

  • colaboradores mais produtivos que se sentem respeitados e incluídos;
  • ambiente de trabalho criativo devido a pluralidade de experiências vindas de pessoas de diferentes contextos sociais;
  • redução no número de turnovers pelo aumento da motivação dos colaboradores;
  • melhora na sustentabilidade do negócio, já que a harmonia da sociedade pode refletir positivamente sobre a economia e poder de compra dos indivíduos;


Coloque o conceito em prática
Uma das vantagens de ser socialmente responsável é que as ações podem ser incluídas em diferentes cenários do seu negócio. Sendo assim, a melhor forma de começar é adotar políticas positivas ao elaborar um código de ética e conduta que contempla a inclusão de diversidades e a não-discriminação. 
A coleta seletiva deve ser outra pauta frequente na busca por atividades que contribuem com o meio ambiente e ainda afloram o senso de responsabilidade dos colaboradores. Agora, para quem deseja se posicionar como uma empresa que realmente investe em ações sociais, o segredo é realizar doações recorrentes a ONGs alinhadas à sua marca. Sem dúvidas, essa é a porta de entrada na hora de se tornar referência no mercado.
Como vimos, as empresas são organismos essenciais no funcionamento e desenvolvimento da sociedade. Por este motivo, incluir ações de responsabilidade social em suas políticas promovem um maior diálogo com o público e ainda traz benefícios nas negociações. Só assim será possível ser visto como uma marca que pensa além dos números e se preocupa com o meio em que está inserida.


Gostou do artigo? Então, contribua para que mais pessoas entendam como a responsabilidade social é importante aos negócios e compartilhe o post em suas redes sociais!


Este conteúdo foi doado por SHARE | EPIC CONTENT
Redator: Mateus Oliveira
Planejamento de pauta e revisão: Epic Content

Siga-nos nas Redes Sociais

Vamos bater um papo?

A sua opinião é muito importante!

ONG Olhar de Bia © 2020 | Todos os Direitos Reservados | powered by inouWeb